Tecnociência Opiniões, críticas, análises, em estilo blog e crónica, sobre ciência, tecnologia, Inteligência Artificial e actualidade. http://tecnociencia.etikweb.com Inteligência Emocional e as outras Era eu ainda estudante de licenciatura e um dia, na biblioteca da universidade, abeirou-se um colega de antropologia e perguntou: “O que é que estás a estudar?”. “Inteligência Artificial”, respondi. Ao que ele ripostou: “Não tens inteligência natural?” Fiquei um tanto atrapalhado, mas lá contrapus que, ao que parece, pertenço à espécie antropologicamente mais inteligente. A parte boa desta estória é que já a pude usar para iniciar aulas, palestras e até um artigo para um blog. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-55-Intelig%EAncia+Emocional+e+as+outras.htmlFri, 23 Jan 2015 21:01:24 UTC Vida atribulada de cronista Tecnociência teve início num ano que já me falha a memória. Possivelmente 2006, o que significa 8 anos atrás. A convite de um aluno contribuí umas crónicas para um jornal local. O jornal chamou a coluna "Tecnociência", nome que até me agradou. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-54-Vida+atribulada+de+cronista.htmlTue, 7 Oct 2014 11:10:29 UTC Tecnologia e desemprego             Uma discussão interessante que tem ressurgido nos últimos tempos é a ligação entre a automação de tarefas e o desemprego. À baila da crise, eis de volta um tema que as épocas de crescimento económico e de forte emprego quase fazem esquecer. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-53-Tecnologia+e+desemprego.htmlTue, 16 Aug 2011 16:08:01 UTC Duzentas mentiras por dia Uma pessoa “normal” diz até 200 mentiras ao dia. Essa é, pelo menos, a conclusão de um estudo realizado recentemente por investigadores da Universidade de Viena, Áustria [1]. De um outro estudo, nos Estados Unidos da América, o The Old Farmer\'s Almanac conclui que um Americano diz em média 26 mentiras por dia [2]. No Reino Unido, por sua vez, o Daily Mail afirma que a cifra se situa nas seis mentiras por dia para homens e três da parte das mulheres [3]. Seja qual for a média em Portugal, o número não há-de deixar de impressionar caso alguém decida um dia tirar a limpo a quantidade de mentiras que por cá se diz. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-52-Duzentas+mentiras+por+dia.htmlMon, 10 Sep 2012 21:09:05 UTC De cabeça perdida Conta a lenda que os santos de Zurique, Felix e Regula, andaram milagrosamente 40 passos, depois de decapitados. Felix e Regula eram dois irmãos, ambos membros da Legião Tebana. A Legião Tebana era uma unidade do exército Romano, constituída integralmente por cristãos recrutados no Egipto, na cidade de Tebas. Segundo a lenda, no ano 286 a Legião Tebana integrou uma campanha do Império Romano para suprimir uma rebelião na zona que é a actual Zurique. Em agradecimento pelo sucesso da campanha, o Imperador ordenou sacrifícios aos deuses romanos, sacrifícios esses que passavam pela execução de vários prisioneiros cristãos. Os soldados da Legião Tebana recusaram cumprir a ordem, e foram eles próprios sacrificados. Segundo a lenda, vários milagres aconteceram então. Entre eles, o milagre de Felix e Regula, que, uma vez decapitados, pegaram as próprias cabeças, andaram quarenta passos até ao cimo de um monte, e aí oraram antes de se deitarem para finalmente morrer. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-51-De+cabe%E7a+perdida.htmlThu, 3 Jun 2010 20:06:04 UTC Lei de Murphy, ou porque a torrada cai sempre com a manteiga para baixo   Quando uma torrada cai, é por demais sabido que há-de cair com a manteiga virada para baixo. Parece que é mais ou menos o mesmo princípio que faz chover se você não leva guarda-chuva em dia meio cinzento, mas faz vir sol se você levar o dito guarda-chuva. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-50-Lei+de+Murphy%2C+ou+porque+a+torrada+cai+sempre+com+a+manteiga+para+baixo.htmlFri, 5 Feb 2010 22:02:35 UTC Boatos Circulou (e circula ainda) na Internet a \"interpretação\" do famoso soneto de Camões \"Amor é fogo que arde sem se ver\": http://tecnociencia.etikweb.com/Article-49-Boatos.htmlMon, 21 Dec 2009 22:12:14 UTC Projeto de Software Quem lida com clientes, projetistas de software e programadores - ou alunos -, sabe que o desenho não anda muito longe da realidade... http://tecnociencia.etikweb.com/Article-48-Projeto+de+Software.htmlMon, 23 Nov 2015 15:11:20 UTC Definindo informática Se mexe, pertence à biologia Se fede, pertence à Química Se não funciona, pertence à Física Se ninguém entende, é Matemática Se não faz sentido, é Psicologia ou Economia Se não mexe, não fede, não funciona, ninguém entende e não faz sentido, é Informática.   (Autor desconhecido) http://tecnociencia.etikweb.com/Article-47-Definindo+inform%E1tica.htmlSun, 13 Dec 2009 17:12:00 UTC Olha o que eu digo, não o que eu faço Um caso paradigmático é o médico obeso e que fuma, mas exemplos não faltam. O professor que mente depois de ensinar que não se deve mentir. O clérigo que prega as virtudes da vida simples na maior das opulências. A mãe que ensina o filho a não passar o sinal vermelho minutos antes de o fazer. Enfim, os exemplos nunca mais acabam, e a sabedoria popular aprendeu a resumi-los claramente na máxima “Olha o que eu digo, não olhes o que eu faço”. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-46-Olha+o+que+eu+digo%2C+n%E3o+o+que+eu+fa%E7o.htmlWed, 4 Nov 2009 23:11:00 UTC Você casava com um robô? Um popular “teste” para distinguir se uma pessoa tem efectivamente alguma ponta de racismo é perguntar à pessoa em causa se casava com alguém de outra cor. Curiosamente, muitas pessoas que não são conscientemente racistas, e de todo recusam a ideia de o ser, recusam também a ideia de fazer vida conjugal com uma pessoa de outra cor. Portanto, racionalmente esforçam-se por não ser racistas. Mas no subconsciente ainda não aceitam que uma pessoa de outra cor lhes seja completamente igual, uma vez que não concebem fazer vida conjugal com ela, baseando-se essa escolha apenas na cor da pele. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-45-Voc%EA+casava+com+um+rob%F4%3F.htmlWed, 30 Sep 2009 22:09:00 UTC Democracia virtual Os atletas olímpicos já não competem nus, e a democracia actualmente já não é directa mas representativa. No entanto, 2500 anos depois, os legados da Grécia antiga na civilização ocidental moderna são de valor inestimável. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-44-Democracia+virtual.htmlSun, 30 Aug 2009 22:08:00 UTC Perdedores e ganhadores   O Pleo é um dinossauro electrónico, projectado para agir como uma mascote. Pede atenção, aprende, age de forma muito semelhante à de um animal doméstico. Com a vantagem, dirão alguns, de a qualquer momento se poder desligar sem problemas de consciência. O pleo apenas precisa de baterias, não precisa de comida orgânica, nem tão pouco de caixa de areia nem ir à rua para fazer as necessidades. Poucas dezenas de Euros, é quanto custa esta mascote digital. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-43-Perdedores+e+ganhadores.htmlFri, 10 Jul 2009 22:07:00 UTC Curioso   Foi (e ainda é) com o assunto “Até dá medo!”, que circulou (circula) na Internet uma mensagem de e-mail com ligação para um vídeo no Youtube. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-42-Curioso.htmlThu, 9 Jul 2009 22:07:00 UTC Tristezas não pagam dívidas! Dois amigos andavam juntos a caçar quando um deles caiu por um penhasco. O outro desceu até junto dele, apenas para constatar que este já tinha morrido. Em pânico, ligou para o 112: “O meu amigo caiu por um penhasco e morreu! O que é que um posso fazer?!”. A assistente respondeu: “Calma! É preciso manter a calma! Vamos por partes: primeiro certifique-se de que está morto”. Sem mais, o homem puxou da arma e deu um tiro na cabeça do outro: “OK, está morto de certeza. E agora o que é que eu faço?”. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-41-Tristezas+n%E3o+pagam+d%EDvidas%21.htmlMon, 6 Apr 2009 22:04:00 UTC O mundo como um prego Alguém disse um dia que "para quem só tem um martelo, o mundo inteiro é um prego". Embora seja uma frase que me parece absolutamente digna de nota, ou talvez precisamente por isso mesmo, a verdade é que numa pesquisa rápida encontra-se em várias fontes, mas não se consegue determinar-lhe a origem. Seja como for, é digno de nota e infelizmente mais real e actual do que seria desejável. Encontram-se também algumas variantes, como sejam “Para uma criança com um martelo na mão, o mundo inteiro parece um prego”. A ideia é basicamente a mesma: quando temos uma ferramente qualquer à mão, tentamos usá-la seja no que for, independentemente desta ser adequada ou desadequada. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-40-O+mundo+como+um+prego.htmlThu, 12 Mar 2009 23:03:00 UTC O Sapo e a verdade Segundo palavras do filósofo alemão Arthur Schopenhauer, toda a verdade passa por três fases: primeiro é ridicularizada; depois violentamente atacada; por fim, é aceite como evidente [1]. Diz o provérbio que quem ri por último ri melhor, mas nem sempre os detentores da verdade têm sequer tempo de rir, quanto mais de rir melhor! Pense-se no famoso cientista Galileu, por exemplo. A história veio a dar-lhe razão. A sua teoria de movimento dos planetas não era nada intuitiva para o conhecimento da época, que sustentava que a Terra era o centro do Universo e todos os restantes astros giravam à volta dela. Além disso, a interpretação das escrituras sagradas indicava precisamente isso. Galileu descobriu que modelar o Sol como o centro e a Terra a girar à volta dele seria muito mais fácil e coerente com o que realmente acontece. Esta é a verdade actualmente aceite, uma verdade “mais do que evidente”. No entanto, a contas com a Inquisição Galileu teve a vida em risco. Negou a sua própria verdade e escapou à morte, mas acabou por viver os seus últimos dias em prisão domiciliária – ciência, a quanto obrigas! http://tecnociencia.etikweb.com/Article-39-O+Sapo+e+a+verdade.htmlFri, 2 Jan 2009 23:01:00 UTC Seja Feliz Uma das vantagens de estar numa carreira científica é a constante descoberta de coisas novas. Algumas úteis na vida prática, outras são apenas curiosas. Mas eventualmente todas são interessantes, e quase todas contribuem para a construção de uma perspectiva diferente do mundo. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-38-Seja+Feliz.htmlFri, 2 Jan 2009 23:01:00 UTC Racionalizando Os fãs do “Caminho das Estrelas” hão-de com certeza lembrar a lógica do inesquecível Spock. Orelhas de gato, meio humano, meio extra-terrestre, Spock dispunha de uma capacidade de dedução e raciocínio que chegava a ter tanto de brilhante como por vezes de hilariante ou cruel. Numa missão em que a probabilidade de alguns sobreviverem aumentasse consideravelmente com sacrifício da vida de outros, Spock não hesitaria no sacrifício. Tão simples e linear quanto isto. Mesmo que o potencial sacrificado fosse ele, assumia-o sem qualquer problema ou traço de emoção. Afinal, era o procedimento óbvio a tomar, de forma lógica e racional. Tão simples quanto isso. Como somar dois mais dois. Não pode haver margem para dúvida, basta saber fazer a conta. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-37-Racionalizando.htmlSat, 8 Nov 2008 23:11:00 UTC Um bom negócio... ou descalabro Se há coisa que anda agora na boca do povo, a crise económica há-de ser. Bancos que num ano dão lucros de milhões e no ano seguinte abrem falência. Governos que num momento privatizam, porque privado é que funciona bem, no momento seguinte nacionalizam, porque afinal não era bem assim. Biliões de Euros ou Dólares “desaparecem” de um momento para o outro. http://tecnociencia.etikweb.com/Article-36-Um+bom+neg%F3cio...+ou+descalabro.htmlSat, 8 Nov 2008 23:11:00 UTC